Discografia Vídeos Home Home Agenda Notícias Contatos Loja Projetos Equipamentos Fotos Biografia

TEMPLE OF SHADOWS

Estávamos no topo da nossa autoestima. O álbum anterior, Rebirth, foi muito bem sucedido no Japão, Europa e América do Sul e muitos outros países. Nós não precisávamos nos preocupar com a nova formação. Estávamos mais relaxados e confiantes. Tudo o que tínhamos a fazer era sentar e trabalhar em um bom álbum. No Rebirth seria muito arriscado arriscar. Tínhamos que provar mais do que qualquer coisa que nós éramos capazes de manter o estilo original e os conceitos da banda. Em Temple of Shadows, voltamos para a exploração de estilos diferentes, estruturas e elementos de música. Além disso, a longa turnê nos colocou em uma forma muito boa individualmente e em conjunto. TOS, como se tornou popular, foi considerado o melhor álbum conceitual do Angra.

A história é muito bem ligada à música. Tanto as músicas quanto as letras são fortes. Um monte de temas tradicionais do Angra foram amplamente falados, tais como a religião, a filosofia, o comportamento humano, a ignorância, etc. O conceito é uma história fictícia sobre um cavaleiro templário que decide criar sua própria religião virando as costas para a Igreja Católica e sua dominação violenta durante a

Idade média. Curiosamente nos surpreendeu ao saber que tínhamos uma canção chamada Anjos e Demônios, o mesmo título de um dos famosos livros de Dan Brown que estavam se tornando enormes sucessos em todo o mundo. Código Da Vinci trouxe esse tipo de assunto ao topo das conversas. Sorte para nós, era apenas mais uma coincidência, porque ninguém do Angra sabia sobre seus livros.